Carta energética municipal

 

A carta energética municipal é um instrumento de trabalho que integra todos os elementos energéticos das instalações municipais (edifícios e iluminação pública) localizados geograficamente, através de uma ferramenta sofisticada e dinâmica, o SIG – Sistema de Informação Geográfica.

Este projeto permite não só localizar os equipamentos energéticos, mas também efetuar a gestão dos mesmos, uma vez que contempla:

  • A localização dos edifícios municipais com plantas dos mesmos, auditorias energéticas com a descrição das medidas de utilização racional de energia identificada e respetiva análise técnico económica, consumos, faturações e poupanças;
  • A localização dos postos de transformação (PT), com uma série de informação adjacente como a potência, tensão ou número de luminárias agregadas;
  • A localização dos pontos de iluminação pública com o conjunto de informação que os caracteriza como tipo de coluna, modelo da luminária ou tipo de lâmpada.

Trata-se de um precioso instrumento de auxílio à tomada de decisão e ao planeamento energético, uma vez que possibilita a manipulação da informação e uma fácil visualização de panoramas bastante precisos. Para além disso, o SIG torna bastante mais ágil o processo de operacionalização e controlo de manutenção de todos os equipamentos energéticos municipais, uma vez que os técnicos passam a ter a possibilidade de visualizar de forma única, todos os dados energéticos constantes no território sobre o qual intervêm.

 

Tags: