Programas e Apoios

FINICIA JOVEM

Eixo 2 | Apoio Específico a Iniciativas Empresariais de Jovens

É um programa do IPJ, I.P. que apoia as melhores iniciativas empresariais promovidas por jovens.

Apoios:

  • Avaliação da ideia de negócio em 72 horas;
  • Aconselhamento especializado para apoio à estruturação da ideia de negócio e/ ou apoio para encontrar a solução de financiamento mais adequada ao projeto;
  • Apoio no acesso ao financiamento do projeto, por micro-crédito, até 25.000,00 euros, com o suporte do custo da garantia bancária;
  • Apoio no acesso ao financiamento do projeto, por micro-capital de risco, até 45.000,00 euros, com o suporte do custo da elaboração do plano de negócios;
  • Ações para reforço de competências dos promotores.

 

Destinatários:

  • Promotores individuais ou associados numa pessoa coletiva de natureza empresarial (com menos de 3 anos de existência);
  • Ter idade compreendida entre os 18 e os 35 anos de idade [todos os sócios da (futura) empresa];
  • Ter o 12.º ano de escolaridade, concluído [todos os sócios da (futura) empresa];
  • Ser residente em Portugal Continental [todos os sócios da (futura) empresa].

 

Mais informações: http://www.juventude.gov.pt/ 

 

Juventude em Movimento

A iniciativa Juventude em Movimento é composta por um conjunto de medidas sobre ensino e emprego dirigidas aos jovens europeus. Lançada em 2010, insere-se na estratégia Europa 2020 para um crescimento inteligente, sustentável e inclusivo.

Tem por fim melhorar o nível de ensino e a empregabilidade dos jovens, reduzir o elevado desemprego juvenil e aumentar a taxa de emprego dos jovens em consonância com o objetivo mais geral da UE de obter uma taxa de emprego de 75% para a população em idade ativa (20 - 64 anos).

 

Programa Juventude em Ação

Juventude em Ação é um programa da União Europeia para os jovens. Tem como objetivo estimular o sentido ativo de cidadania europeia, a solidariedade e tolerância entre os jovens europeus e o seu envolvimento na construção do futuro da União Europeia. O programa promove a mobilidade dentro e fora das fronteiras europeias, a educação não formal, o diálogo intercultural e encoraja a inclusão de todos os jovens, independentemente da sua origem educacional, social ou cultural.

Este programa constitui uma aposta na emancipação dos jovens e das suas organizações, com resultados na expressão internacional do movimento associativo e num significativo aumento de competências, não só no domínio do multilinguismo, mas também no desenvolvimento pessoal e social dos seus participantes.

Ações:

Ação 1 - Juventude para a Europa

1.1 - Intercâmbio de Jovens

Intercâmbio de Jovens permite que um ou mais grupos de jovens sejam acolhidos por outro grupo  de outro país, com o objetivo de participaram num programa de atividades comum. Estes projetos envolvem a participação ativa dos jovens e são concebidos para permitir que estes jovens tenham conhecimento e estejam conscientes da existência de realidades sociais e culturais diferentes das suas, para aprenderem uns com os outros e reforçar o seu sentido enquanto cidadãos Europeus.

1.2 – Iniciativas Jovens

Esta sub-ação apoia projetos nos quais os jovens participam ativa e diretamente nas suas atividades, decidindo que papel vão ter em cada fase do projeto, no sentido de desenvolver a sua capacidade de iniciativa, empreendedorismo e criatividade.

Uma Iniciativa Jovem é um projeto iniciado, definido e desenvolvido pelos próprios jovens que lhes permite transformar as suas próprias ideias em iniciativas que lhe dizem respeito, envolvendo-os no planeamento e desenvolvimento dos projetos. Iniciativas Jovens é uma importante experiência de aprendizagem não formal. Proporciona também aos jovens uma oportunidade para reforçarem a sua cidadania Europeia e de sentir que estão a contribuir para a construção do futuro da Europa.

Uma Iniciativa Jovem pode ser:

  • Nacional: programada ao nível local, regional ou nacional e desenvolvida por um único grupo no seus país de residência
  • Transnacional: uma rede de Iniciativas Jovens, desenvolvidas em conjunto por dois ou mais grupos de diferentes países

 

1.3 - Projetos Jovens e Democracia

Esta sub-ação apoia a participação dos jovens na vida democrática. Tem como objetivo encorajar a participação ativa dos jovens na vida das suas comunidades ao nível locai, regional, nacional ou internacional.

Um projeto Jovens e Democracia é desenvolvido por uma parceria Europeia, que permite a exploração comum, a nível Europeu, de ideias, experiências e metodologias de projetos desenvolvidos aos níveis local, regional, nacional ou Europeu, no sentido de promover a participação juvenil.

Ação 3 - Juventude no Mundo

O objetivo desta sub-ação é desenvolver a compreensão mútua entre povos num espírito de abertura, contribuindo ao mesmo tempo para o desenvolvimento da qualidade dos sistemas de apoio às atividades juvenis nos respetivos países. Apoia atividades concebidas para ligar e desenvolver a capacidade das ONGs na área da juventude, reconhecendo o importante papel que elas podem desempenhar no desenvolvimento da sociedade civil dos países vizinhos. Inclui a formação de trabalhadores ativos na área da juventude e das organizações de juventude, o intercâmbio de experiências e boas práticas entre eles. Apoio a atividades que podem conduzir ao estabelecimento de projetos de longo termo, projetos de alta qualidade e parcerias.

A sub-ação apoia dois tipos de projetos:

  • Intercâmbios de Jovens com Países Vizinhos Parceiros
  • Formação e Ligação em rede com Países Vizinhos Parceiros

 

Ação 4 - Formação e Ligação em Rede

4.1 - Formação e ligação em rede de profissionais activos no domínio da juventude

Esta sub-ação apoia a formação de profissionais ativos no domínio da juventude e nas suas organizações, em particular projetos de liderança, conselheiros juvenis e supervisores destes projetos. Também apoia a troca de experiências, saberes e boas práticas destes profissionais, bem como as atividades que conduzam ao estabelecimento de projetos de longo prazo, projetos de alta qualidade, redes e parcerias.

Uma Formação e Ligação em rede pode ser de dois tipos:

  • Um projeto de promoção de intercâmbios, cooperação e formação na área da juventude. Será desenvolvido com o objetivo de implementar uma atividade que suporte a capacidade de realização e inovação  entre os promotores, bem como permita a troca de experiências e as boas práticas entre aqueles que estão envolvidos em atividades juvenis.
  • Um projeto que conduza ao desenvolvimento de projetos futuros no Programa Juventude em Ação. Será desenvolvido com o objetivo de implementar uma atividade que apoie potenciais promotores, tendo em vista a preparação e desenvolvimento de novos projetos inseridos no Programa Juventude em Ação, em especial, assegurando apoio e fornecendo “know-how” para o desenvolvimento dos projetos; apoio para a procura de parceiros; ferramentas e meios para promover a qualidade dos projetos.

 

4.2 – Projetos multi-medidas

Através de um projeto multi-medidas, um promotor que pretende desenvolver várias atividades dentro da Ação 4.3, durante um período, que pode ir até 18 meses, pode submeter uma única candidatura combinando:

  • Entre 2 e 5 atividade do mesmo tipo (ex.: de 2 a 5 seminários)
  • Entre 2 e 5 atividades de diferentes tipos (ex.: 1 visita de viabilidade, 2 ações de formação, 1 seminário e 1 reunião de avaliação)

 

Ação 5- Encontros de jovens e de responsáveis pelas políticas de juventude

Esta sub-ação apoia cooperação, seminários e o Diálogo Estruturado entre os jovens, profissionais activos na área da juventude e responsáveis pelas políticas de juventude.

Para mais informações consultar o Guia do Programa disponível em http://www.juventude.pt/ 

 

Tags: