Requalificação da EN 270 em Santa Catarina da Fonte do Bispo

A Câmara Municipal de Tavira adjudicou à empresa Tecnovia – Sociedade de Empreitadas, S.A., pelo valor de €627.396,87 + IVA, a empreitada de requalificação da Estrada Nacional 270, em Santa Catarina da Fonte do Bispo.
 
Com um prazo estimado de 9 meses, a intervenção abrange uma extensão de cerca de 890 metros, a qual inclui, parcialmente, a EN 398 (139 metros), a Rua Dr. Filipe Almeida Carrapato (58 metros) que estabelece a ligação entre a EN 270 e a Rua 1.º de Maio (120 metros).
 
Os trabalhos visam melhorar as condições de circulação e acessibilidade pedonal, reperfilar as EN 270 e 398, organizar as áreas de estacionamento automóvel, relocalizar e beneficiar os locais de paragem de transportes públicos, melhorar as condições de drenagem de águas pluviais, implementar a rede de rega, criar muros de suportes de terras e valorizar as infraestruturas elétricas e telecomunicações. A obra contempla, ainda, a plantação de árvores. 
 
Com esta empreitada pretende-se conferir um cariz mais urbano a estas áreas, bem como melhor a circulação e mobilidade pedonal, nomeadamente, através da criação de passeios ao longo das EN 270 e 398.
 
O reperfilamento destas vias passa pela instalação de novos lancis, reduzindo a plataforma rodoviária de 7,50 metros para 7 metros. Esta alteração faz-se pela redução da largura das bermas, mantendo-se a largura das faixas de rodagem. 
 
A área de estacionamento terá uma capacidade de 16 lugares e localizar-se-á perto da Cooperativa Agrícola de Santa Catarina.
 
As paragens de autocarros serão relocalizadas, com especial relevância para a paragem no sentido Tavira – São Brás de Alportel, a qual será instalada nas proximidades do Centro Infantil. 
 
A intervenção na rede de águas pluviais tem como intuito reforçar a atual rede, bem como diminuir a velocidade e o volume da água à superfície. 
 
Ao concretizar esta obra é intenção da autarquia beneficiar e valorizar uma zona de passagem recorrente de automóveis e peões, proporcionando melhores condições de circulação, mobilidade, acessibilidade e segurança. Os trabalhos a adotar têm como finalidade a dignificação do espaço e o ordenamento do território. 

Tags: