Cachopo

Além da riqueza paisagística e cultural, Cachopo é, também, rico em património histórico e arqueológico.

Em plena serra algarvia e já distante do litoral, a freguesia de Cachopo possui uma área de 19.730 hectares e uma população de apenas 718 habitantes (censos 2011) que vivem essencialmente da agricultura de sequeiro, pecuária, apicultura e produção de mel, artesanato e extração da cortiça.

Esta freguesia possui uma forte identidade serrana que se expressa nas diversas tradições e festividades anuais, na prática de tecelagem e artesanato em madeira e cestaria, a gastronomia, entre outros.

Para quem visita a freguesia de Cachopo, é possível realizar passeios pedestres, visitar o Núcleo Museológico de Cachopo, e observar o rico património arqueológico, natural e cultural e desfrutar de uma boa refeição nos restaurantes.

 

O que visitar?

Igreja Matriz de Santo Estêvão

No centro da aldeia, visite a Igreja Matriz de Santo Estêvão, local de peregrinação datado de 1535, o qual foi reabilitado em Agosto de 2007.

Moinhos de Vento

Procure, ainda, conhecer os montes da Azinhosa, Graínho, Casas Baixas e o Monte de Alcarias de Baixo. Nalguns destes montes descobrirá a arquitetura serrana: casas em xisto ou caiadas, fornos comunitários, eiras, fornalhas e chaminés rendilhadas. Nesta zona encontrará os Moinhos de Vento, construções destinadas à transformação de cereais a partir da energia eólica. Atualmente, estes espaços estão em ruínas ou reconvertidos em habitações.

Casas Circulares

Ao atravessar o Vale João Farto e a Navalha encontrará casas, vulgarmente conhecidas por palheiros. Estas construções em pedra e telhados de colmo ou junco da ribeira, de origem pré-histórica, servem para o armazenamento de alimentos para animais.

Antas

Junto ao monte da Mealha situa-se a necrópole, a Anta das Pedras Altas (monumento funerário do neolítico) e em Alcaria Pedro Guerreiro é possível ver a Anta da Masmorra.

Parque de lazer da Fonte Férrea

Em direção a São Brás de Alportel encontra a Fonte Férrea de Cachopo, cujo nome deriva da qualidade das suas águas ricas em ferro, rodeada por uma vegetação imponente. Vá em direção ao Sítio da Feiteira. Aproveite a visita e percorra o Miradouro Natural do Cerro do Malhanito a 479 metros de altura, a partir do qual poderá usufruir de uma magnífica paisagem da serra e do barrocal.

 

Tags: