Santo Estêvão e Santa Catarina da Fonte do Bispo “O Barrocal"

[duração variável: percurso em automóvel]

Partindo da rotunda da "vela" pela E.R. 125 em direção a Vila Real de Santo António, atravesse a ponte de Tavira. No final desta, volte à esquerda e logo à direita seguindo a placa "Cachopo". A cerca de quatro quilómetros encontrará um novo entroncamento com a indicação Senhora da Saúde (direita) e Cachopo (esquerda). Em direção a Senhora da Saúde, visite a capela do mesmo nome. Seguindo a indicação Cachopo, a cerca de um quilómetro, oriente-se pelas placas Moinhos da Rocha/Pego do Inferno (caminho de calçada). Atravesse a ponte de São Domingos, volte à direita e a cerca de três quilómetros encontrará a zona da Assêca e o Pego do Inferno* ou Moinhos da Rocha. Estes moinhos integram uma propriedade do mesmo nome, antigo reguengo, onde se produzia farinha. Com quedas de água, é um local aprazível para repousar.

Regresse à estrada principal. Volte à direita e seguindo em frente encontrará o cruzamento com indicação Santo Estêvão. No segundo cruzamento em frente a cerca de um quilómetro volte à direita para Quinta dos Eventos. Propriedade rural algarvia, local de eventos e visitas pedagógicas dispõe de estruturas tradicionais e um enorme lagar em pedra. Regresse pela mesma estrada e siga pela direita até Santo Estêvão. De acordo com registos, nesta zona existiam "montes" agrícolas produtores de alfarroba, figo, amêndoa, vinho, cal, lenha, carvão e atividades de caça. Santo Estêvão é o padroeiro desta freguesia, em pleno barrocal algarvio. Bastará subir qualquer pequena colina para observar o mar a sul, os campos verdejantes e a norte a zona serrana.

Em Santo Estêvão visite a Igreja Matriz de Santo Estêvão, edifício que evoluiu a partir de uma ermida tardo-medieval. No interior de uma só nave, poderá apreciar imagens dos séculos XVII e XVIII. Observe casas típicas algarvias com platibandas. De regresso à estrada volte para Santa Catarina da Fonte do Bispo,. Primeiro encontrará Fonte do Bispo, depois Santa Catarina. A aldeia que tem como padroeira Santa Catarina, está rodeada de amendoeiras e pomares. Os solos calcários e argilosos, determinaram o desenvolvimento de artesanato e indústria cerâmica. Os artesãos, representados pela Associação de Telheiros Artesanais, produzem materiais utilizados na construção algarvia (mediterrânica): a telha mourisca, a tijoleira, os azulejos e o tijolo burro.

De regresso à rotunda de Santa Catarina, no centro da aldeia, poderá observar a Igreja Matriz de Santa Catarina da Fonte do Bispo, do século XVI, inicialmente construída com formas manuelinas, conjugadas depois com modelo renascentista. No século XVIII, as obras de remodelação ocorridas conferiram formas barrocas ao remate da fachada. No interior de três naves destaca-se a tela "Juízo Final".

Retorne à rotunda e siga em direção a São Brás de Alportel. Encontrará no primeiro entroncamento, a placa "Porto Carvalhoso". Seguindo esta, iniciará uma viagem de paisagens magníficas, por Bemparece, ­­­vendo os montados de sobreiros.

Refresque-se na fonte de Água Férrea e aprecie a Malhada de Judeu e Águas de Tábuas até chegar a Alcaria do Cume. Neste local aproveite para apreciar a panorâmica e descansar. Regresse de novo pela mesma estrada até Fonte do Bispo. No entroncamento, antes da Quinta da Fonte do Bispo, volte à esquerda em direção a Umbria, onde se localiza um Parque de Merendas. Neste cruzamento siga pela direita, atravesse Morenos até chegar à estrada principal. Volte à esquerda em direção ao Malhão e siga para o Observatório Astronómico (OAT), onde poderá visitar com a ajuda de telescópios zonas distantes do universo.

 

* Devido aos incêndios florestais, ocorridos em julho de 2012, o local encontra-se sem acesso ao público.

Tags: