Águas residuais

Após ser utilizada, a água fica seriamente poluída, constituindo uma forte ameaça para o ambiente e, consequentemente, para todos os seres vivos. Por isso, a água antes de ser descarregada no meio recetor (rios, ribeiras, oceano, …) deverá passar por tratamentos nas Estações de Tratamento de Águas Residuais (ETAR’s).

Até há algum tempo atrás, os efluentes urbanos do concelho de Tavira eram tratados em várias ETAR's, sendo que na sua maioria se encontravam subdimensionadas e com órgãos de tratamento pouco eficientes.

A 6 de julho de 2007, foi inaugurada a ETAR do Almargem, em Cabanas de Tavira. Esta ETAR é uma das grandes intervenções, no âmbito das águas residuais domésticas, no concelho de Tavira, e veio possibilitar a recolha do efluente, promovendo a desativação de várias ETAR’s existentes.

Esta ETAR é gerida pela Águas do Algarve e constitui uma solução moderna para que os esgotos tenham um tratamento eficaz e possam ser descarregados com a devida qualidade no meio recetor.

 

Disponibilização da Rede de Saneamento

Nos termos do Regulamento de Saneamento em vigor, é obrigatório estabelecer as canalizações e dispositivos interiores necessários à recolha, ao isolamento e à completa drenagem das águas residuais, e, ainda, ligar essas instalações à respetiva rede geral de águas residuais através de ramais independentes nos aglomerados populacionais servidos por redes gerais de águas residuais.

Os proprietários ou usufrutuários dos prédios onde existam fossas de despejo de matérias fecais ou de águas residuais ou quaisquer sistemas de tratamento e/ou eliminação individuais, são obrigados a entulhá-los, no prazo de 30 dias após a entrada em funcionamento do sistema. Depois de esvaziadas e desinfetadas, as matérias retiradas devem ser enterradas.

Passa, igualmente, a ser proibido construir fossas sépticas, ou quaisquer sistemas de tratamento e/ou eliminação de águas residuais.

A ligação das águas residuais domésticas à respetiva infraestrutura deverá ser feita no prazo de dois meses, período durante o qual os proprietários deverão proceder à ligação das redes privadas à rede geral, através das caixas de ramal deixadas junto de cada prédio, sendo a intersecção do esgoto privado feita antes da respetiva fossa.

Para mais informação deverá consultar a Taviraverde - Empresa Municipal de Ambiente, EM.

 

 

Ligações úteis:

Taviraverde - Empresa Municipal de Ambiente, E.M.
Águas do Algarve, SA


 

 

 

Tags: